Governo do Estado inaugura mais três unidades regionais do Corpo de Bombeiros

Foto CBMMG

Governo do Estado promove nesta semana a inauguração de mais três unidades do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). A primeira delas em Bom Despacho, nesta terça-feira (3/7), seguida de Salinas (5/7) e Almenara (6/7). Com isso, o número de unidades no estado chega a 72, ultrapassando as 70 frações previstas inicialmente para entrar em funcionamento até o fim de 2018.

Essas e outras unidades entregues à população nos últimos anos constam do Plano de Comando 2015/2026, que prioriza e executa a expansão da instituição nos 17 territórios de desenvolvimento. Até o final de 2014 eram 58 entre batalhões, companhias independentes, companhias e pelotões. Aproximadamente 15 dessas frações passaram por elevação administrativa e operacional, ganhando mais autonomia, efetivo e viaturas. 

Quanto às 14 novas frações instaladas, elas se dividem entre pelotões e postos avançados. Estas últimas são unidades menores, mas adaptadas para realizar todos os atendimentos e ficar mais perto da população. Em todas as novas estruturas, houve parceria com as prefeituras para cessão ou adaptação das instalações.

Para contemplar Bom Despacho e região (Território Oeste) será inaugurado um posto avançado, nesta terça-feira, às 10 horas, na Avenida Martinho Campos s/nº. O local possui uma área de 300 m², sendo 100 m² de edificação. Na estrutura  funcionava a Polícia Rodoviária Estadual. O município tem 49.650 habitantes, segundo estimativa do IBGE/2017, e fica a 156 km de Belo Horizonte.

De acordo com informações do CBMMG, o Posto Avançado de Bom Despacho é a unidade de número 70 e terá um efetivo de 18 militares, que vão trabalhar com a proteção da vida, do patrimônio e do meio ambiente, combate a incêndios, salvamentos, atendimento pré-hospitalar (APH), vistoria, entre outras atividades.

No Território Oeste, além de Bom Despacho, serão beneficiados os municípios de Abaeté, Dores do Indaiá, Japaraiba, Lagoa da Prata, Luz, Martinho Campos, Moema, Pompéu, Quartel Geral e Santo Antonio do Monte. Numa situação de emergência em que houver necessidade de reforço, o Posto Avançado de Bom Despacho poderá contar com o apoio do 10º Batalhão de Bombeiros de Divinópolis.

Meta de 120 unidades até 2026

A meta do Plano de Comando é levar cobertura a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes até 2026, o que significa aumentar das 72 para 120 unidades. Em alguns casos, municípios com mais de 15 mil habitantes também poderão receber postos dos Bombeiros.

Para todas as unidades, o Estado formaliza parceria com as prefeituras que ajudam na cessão de instalações, entre outras necessidades, como custeio e manutenção de viaturas. Segundo o subchefe da Seção de Instrução e Operações do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, capitão Marcos Anderson Viana Soares, a elevação de uma unidade ou a criação se dá após estudo técnico minucioso.

Os critérios observados para a existência de unidade dos Bombeiros são: população, participação do município no PIB, número de veículos emplacados, grau de urbanização, número de edificações comerciais e industriais, distância entre o município e a fração de Bombeiros mais próxima, número de óbitos por causas externas, patrimônio histórico instalado, região lacustre por número de afogamentos, área ambiental protegida, aeroporto/aeródromo, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). 

Fonte: Agência Minas