Temendo "viralização" das manifestações, Governo corre para fechar acordo com caminhoneiros com redução de impostos apenas para o Diesel - Gasolina e Álcool ficarão de fora

Com a adesão de outros segmentos de trabalhadores e movimentos organizados da sociedade civil, a mobilização dos caminhoneiros tem ganhado força e apoio em todo o Brasil, preocupando não só o Governo Federal, mas também os Governos Estaduais.

As manifestações estão "viralizando" nas redes sociais e já tem adesão de motoristas de auto escolas, vans de transporte escolar, motoristas de UBER e outros, que já ocupam as ruas em vários estados.

Diante do cenário de caos que está se instalando Governadores começam a tomar medidas para que as mobilizações não se espalhem em seus estados. No Rio de Janeiro, o governador Fernando Pezão entrou na negociação com os caminhoneiros e propôs redução de 4% no ICMS Combustível, passando de 16% para 12%, porém a redução é apenas para o Diesel.

O Governo Federal estuda atender outras reivindicações dos caminhoneiros temendo que as manifestações se espalhem e o Governo tenha que conceder a diminuição de impostos sobre outros combustíveis, como a gasolina e o álcool.

Em Minas Gerais o ICMS Combustível já sofreu dois aumentos esse ano (2018), passando para 31% para a gasolina e 16% para o álcool.

Hoje incide sobre os combustíveis impostos federais (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE), o PIS/Cofins) e estadual (ICMS). A União é responsável pela CIDE na gasolina, que possui percentual médio de 2% em todos os estados. Os valores de PIS/Cofins variam pouco, de 7% a 9% em todos os estados. No caso do etanol, não há incidência da CIDE. Já o ICMS dos estados pode chegar a 34% como no Estado de Minas Gerais e no Rio de Janeiro. 

Com a soma de todos os impostos o percentual pode chegar a 43% para a Gasolina, 27% sobre o Diesel e 26% sobre o álcool.

Confira a tabela sobre o valor dos Impostos que incidem sobre os combustíveis no Brasil, a informação é da Federação Nacional do Comercio de Combustíveis e de Lubrificantes (FECOMBUSTIVEIS):






Parceria Citerol X Blog Polícia PELA ORDEM