Aprovado em 1º turno Projeto de Lei do Deputado Cabo Júlio que garante aos Agentes Socioeducativos o porte de arma de fogo

Foi aprovado hoje (06/12), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais - ALMG, em 1º turno, o Projeto de Lei nº 1973/2015 de autoria do Deputado Cabo Júlio que garante o porte de arma de fogo e prisão especial aos servidores socioeducativos no âmbito do Estado de Minas Gerais.

Cabo Júlio chegou a implorar a presença dos demais colegas parlamentares para dar quorum para que o Projeto fosse votado.

Segundo o Deputado Cabo Júlio "Esta proposição visa a atender a algumas peculiaridades da carreira dos agentes socioeducativos em relação aos demais integrantes do sistema de segurança pública estadual. Esta proposição visa a permitir o porte de arma (já permitido em legislação federal) em área externa ao exercício da profissão, fora do convívio interno com os adolescentes, justamente para evitar uma tentativa de subtração da arma por algum adolescente."

Agora, o Projeto de Lei seguirá para o 2º turno na Comissão de Segurança Pública e, após, para o 2º turno em Plenário. 

Veja as fotos:







O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon