QUEM SÃO OS DEFENSORES DOS DIREITOS HUMANOS?

Você sabe quem é o maior garantidor dos direitos humanos? O Policial.  Hããã, como assim!!??

De Direitos Humanos deriva o termo ‘humanidade’, do latim humanistas, e faz referência à natureza humana, ao gênero humano ou ao conjunto de todas as pessoas do mundo.

Explicando em miúdos, é o direito da mulher, do homem, da criança, do idoso, são os direitos das pessoas.

Mas direitos humanos parece ser tão distante, algo difuso, quando se perde o contato com as pessoas, com o palpável, de gente de carne e osso, o contato com o mundo real.

E as pessoas são acudidas pelos policiais 24 horas, todos os dias. Este é o mundo real:

Quando alguém para a viatura e eu penso que vai ser algo grave ou um pedido de socorro, está ali uma pessoa perdida, pedindo informação onde fica a rua tal...

Quando conduzindo o casal para a delegacia de mulheres, consigo mostrar aos brigões que vale a pena lutar pela harmonia no lar...

Quando acalmo uma mãe debruçada sobre o corpo do filho estendido na rua, vítima de ‘acerto de contas’ do tráfico...

Quando, após o desamparo dos adultos, a criancinha vítima de maus tratos vem em meu colo e, agarrando meu pescoço, pede para não deixá-la mais ali...

Quando numa manhã gélida de julho um morador de rua me pede informação sobre um albergue para ir e, mesmo com o meu salário muito atrasado, consigo tirar da carteira um dinheiro para seu almoço...

Quando o idoso vem com o telefone celular na mão pedindo ajuda, pois “seu filho está nas mãos do sequestrador”, e lhe mostro que na verdade aquilo é um golpe...

Quando o viciado em drogas inferniza a vida da família e o convenço de que precisa se internar...

Quando o moço que tenta suicidar me ouve, decide desistir do ato fatal e resolver dar uma chance à vida e recomeçar...

Quando consigo capturar o autor do roubo e recuperar a bolsa daquela senhora que acorda às 04 da manhã para trabalhar...

Quando faço o patrulhamento no comércio, no bairro, no ponto de ônibus e a comunidade sente-se protegida para ir e vir...

Quando aquela criança ao ver passar a viatura, acena e diz que quando crescer quer ser polícia, e eu paro e coloco minha boina em sua cabeça para a mãe tirar uma foto.

Quando... Quando... Quando... Quando... a lista não para!

Tenho certeza de que você, Policial, se identificou com essas histórias reais da minha atividade policial. Este é o meu cotidiano. E também sei que você tem uma infinidade de “quandos” como este para contar.

Pois bem, caro colega Policial, não permita que os pseudo defensores dos direitos das pessoas o menospreze. 

Não permita que demagogos e hipócritas batam no peito e se autoproclamem de dentro dos seus gabinetes ou de salas de aula, achando que conhecem as misérias e o caos social além do que você depara todos os dias. 

Não aceite ser chamado de truculento, de “filhote da ditadura”, pois quem mais defende, protege e serve e fez um pacto de sangue em prol dos direitos humanos somos nós, Policiais.

Para finalizar e exemplificando o nosso papel de Defensores dos Direitos Humanos, lembro aqui do nosso juramento: 

“Ao ser  declarado (a) Policial Militar de Minas Gerais, sobre os princípios da hierarquia e da disciplina, assumo o compromisso: de executar as atribuições que me competem na promoção da paz social; cumprir rigorosamente a ordens das autoridades a quem estiver subordinado;
assegurar a dignidade humana, as liberdades e direitos fundamentais; servindo a sociedade, em toda sua diversidade: com respeito e participação, com ética e transparência, com coragem e justiça, e dedicar-me inteiramente ao serviço Policial Militar, mesmo com o sacrifício da própria vida.”

VOCÊ, POLICIAL, É O VERDADEIRO DEFENSOR DOS DIREITOS HUMANOS!
Eu sou Policial Militar, eu sou Defensor dos Direitos Humanos! 

Que Deus nos abençoe nos guarde.
Texto do 3º Sgt PM Eliézer Abreu – 13º BPM/Belo Horizonte/MG.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon