Ocorrerá hoje mais uma mobilização dos servidores da segurança pública pela reposição salarial e volta do pagamento no 5º dia útil

Está marcado para acontecer hoje (13/09), às 13h, na Praça da Liberdade, com o objetivo de pressionar o Governo a conceder o reajuste salarial pela perda inflacionária dos últimos dois anos e a volta do pagamento no 5º dia útil.

A política remuneratória dos servidores públicos civis da administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo e dos militares é estabelecida pela Lei 19.973, de 27/12/2011, em conformidade com a determinação do artigo 24 da Constituição do Estado de Minas Gerais, que assegurada revisão geral anual, para a recuperação da perda inflacionária. A revisão geral anual, está prevista no artigo 7º da Lei 19.973, que estabelece o dia 1º de outubro como data-base.

Os servidores da segurança pública estão a dois anos sem reajuste salarial. A perda inflacionária do salário de outubro de 2015 a agosto de 2017 chega 8,55%, segundo cálculo feito pelo Blog Polícia PELA ORDEM junto ao Banco Central do Brasil, considerando o índice IGP-M (índice geral de preços médios), da Fundação Getúlio Vargas. 

Conforme simulação feita pelo Blog Polícia PELA ORDEM, tendo como base o salário do soldado em Minas Gerais, se houvessem as correções da inflação no período, o salário seria hoje de R$ 4.448,48, com base no IGP-M. Se levarmos em consideração o IPCA - índice de preços ao consumidor amplo, que considera o custo de vida nas principais regiões metropolitanas do país, a correção deveria ser de 8,63% e o salário do soldado deveria ser de R$ 4.550,89. 

Veja a simulação com base no IGP-M:




O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon