Mobilização pelo reajuste salarial e retorno do pagamento no 5º dia útil se encerra sem muitas expectativas

Ocorreu ontem (13/09), mais uma mobilização dos servidores da segurança pública pelo reajuste da perda inflacionária dos últimos dois anos e o retorno do pagamento no 5º dia útil.

A manifestação que se inciou pro volta de 14h, na Praça da Liberdade se deslocou pelas Avenidas Bias Fortes e Álvares Cabral até a Praça da Assembleia e contou com a participação de aproximadamente 400 servidores, a maioria policiais militares inativos.

Após os discursos do Deputado Sargento Rodrigues e de alguns presidentes de entidades de classe, como ASCOBOM, CSCS e SINDPOL, o movimento se encerrou sem maiores expectativas quanto à sua finalidade.

Mais uma vez o movimento foi enfraquecido pela pouca capacidade de mobilização dos organizadores e divergências políticas. Várias entidades de classe ficaram de fora e sequer foram convidados, como a CUME, AMEM, APNM, ISCRAT, APROSCOM, ASSPNOR, entre outras, além de parlamentares como O Deputado Cabo Júlio e o Vereador Cabo Zanola. Os militares da ativa também não aderiram o movimento.

A última grande mobilização da classe ocorreu no dia 19/12/2016, quando o então Comandante Geral da Polícia Militar, Cel Bianchini, convocou a tropa para protestar contra a PLC 257/2016 que tratava da reforma da previdência e incluía os militares. Na ocasião estiveram presentes na manifestação aproximadamente 15 mil militares, sendo a maioria de servidores da ativa, inclusive caravanas do interior.

Confira as fotos da mobilização:











2 COMENTE AQUI !

Prezados amigos, acredito que a "noticia" do fiasco da manifestação (como foi o objetivo de mostrar), só teve o condão de descredibilizar e desanimar a tropa p/ buscar os seus direitos... bem como apresentar que apenas pelo Dep. Cb Júlio haverá solução para o impasse a respeito dos salários. Desculpem, mas vejo que foi desserviço à classe.

Balas

Caro Leitor, primeiramente agradeço por sua participação no Blog, mas venho esclarecer que o objetivo jamais foi de descredibilizar ou desanimar a tropa em relação aos movimentos reivindicatórios, ao contrário, O OBJETIVO DA MATÉRIA É MOSTRAR AO LEITOR QUE SE NÃO HOUVER UNIÃO DOS NOSSOS REPRESENTANTES TEMOS POUCAS CHANCES DE SUCESSO. Infelizmente o que temos percebido é um jogo de vaidades e disputas políticas e não um verdadeira representatividade da classe (EM ALGUNS CASOS) e incluo esse, em que nitidamente ocorre discriminação com várias entidades de classe e políticos "concorrentes".
Essa é minha opinião.
Um abraço fraterno!
Walyson Pinheiro
Administrador do Blog

Balas

O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon