Governo Federal deve anunciar congelamento de reajuste e limite de R$ 5.000 no salário de novos servidores

Com o objetivo de cortar gastos no Poder Executivo, Governo Federal deve anunciar adiamento de reajuste já aprovados, corte de benefícios como auxilio moradia e ajuda de custo, além de limite de salário inicial de R$ 5 mil para os novos servidores públicos federais.

A medida já havia sido anunciada pelo Jornal O Estado de São Paulo e novamente foi veiculada hoje (11/08), pelo Jornal O Tempo. Só os cortes com auxílio moradia e ajuda de custo, traria uma economia de aproximadamente R$ 7 bilhões, por ano, aos cofres públicos.

Confira na íntegra as matérias publicadas nos Jornais:

Jornal O Tempo - Governo prevê economia de R$ 9 bi ao adiar reajuste de servidores 

Jornal Estadão - Governo avalia corte de benefícios de servidores, que hoje custam R$ 13 bilhões



O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon