Após onda de boatos Rio de Janeiro amanhece sobre tensão

Nos últimos dias tem circulado nas redes sociais que a Polícia Militar do Rio de Janeiro iria parar as atividade assim como ocorreu no Estado do Espírito Santo e o início da paralisação estaria marcada para hoje (10/02). O motivo da paralisação seria o atraso nos salários e o não pagamento do 13º salário que deveria ser pago em dezembro.

Com a onda de boatos os moradores da Cidade Maravilhosa amanheceram em clima de tensão, principalmente após o ocorrido no Espírito Santo, onde foram registrados mais de 100 mortes e mais de 200 roubos de carros em menos de uma semana.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar do Rio de Janeiro, os policiais não irão parar as suas atividades, apesar do registro de algumas manifestações em frente aos quartéis da PM. 

Na página da Corporação o Blog Polícia Pela Ordem encontrou a seguinte mensagem, diante dos boatos que tem sido veiculados nas redes sociais sobre a paralisação da PM:

A violência é um grave problema da nossa sociedade. Dentro desse contexto, sabemos que o Rio de Janeiro possui peculiaridades na área da Segurança Pública, só encontradas aqui. Nós, policiais militares, atuamos diuturnamente nesse cenário e sabemos agir nos casos extremos. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro é a Instituição que garante a “civilidade”, o ir e vir, o trânsito de pessoas. Só nós conhecemos a realidade nua e crua do dia a dia de policiamento. No entanto, é preciso pensar que o impacto da nossa ausência poderá recair sobre nossos ombros, sobre nossas famílias. A nossa falta causaria males incalculáveis e irreparáveis. Temos a certeza que passamos por um momento muito delicado, mas é preciso avaliar as consequências dos nossos atos. Protestos são legítimos, mas precisamos buscar a melhor forma de reivindicar nossos direitos. Paralisar um serviço essencial afeta toda a população, incluindo nossas famílias. A quem interessa a barbárie?#ValorizeQuemteProtege #ServireProtege
Nessa manhã de sexta-feira (10/02), várias viaturas foram vistas circulando normalmente nas ruas da Capital Fluminense, sobre a afirmação do Comando da Polícia Militar de que não haverá paralisação dos agentes de segurança.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon