Cel Russo (Presidente da ÁMEM), fala sobre as especulações na saída do Comandante Geral

Cel. Russo, Presidente da Associação dos Militares Estaduais de Minas Gerais -(ÁMEM), fala sobre as especulações na saída do Comandante Geral.


ÁMEM URGENTE: MUDANÇA NO COMANDO GERAL

Há várias formas de se dar uma notícia e uma delas é o sensacionalismo de gente sem meta e de caráter duvidoso e que quer manter audiência com ataques gratuitos, que atira para todos os lados a fim de se manter um suposto controle da opinião do leitor ou alimentar uma suposta ( e falsa ) auto importância.

Mas há muito a tropa das nossas corporações militares deixou de ser massa de manobra, temos Praças Doutores e até Pós Doutores e oficiais do mais alto nível. Quando entendeu necessário, a ÁMEM denunciou e até pediu a exoneração do Comandante demissionário, mas somos totalmente contra ataques gratuitos, com intenção exclusiva de manipular e atacar ou como forma de se criar um falso ambiente de confronto.

Sobre a troca do Comando não há conspiração de Associações contra a tropa, mas se há de alguma é obrigação de toda pessoa pública denunciar com fatos, apresentar provas e dormir com a consciência tranqüila. Induzir leitores a acreditar em mentiras é irresponsabilidade de gente tacanha e sem credibilidade.

Não há 12 Coronéis “fugindo” para a reserva “por que a situação vai piorar”. Haverá Coronéis saindo em processo normal, popularmente chamado de “expulsória”. São os Coronéis Aspirantes da turma de 1989. Afirmações de “fuga” da ativa para incendiar o entendimento de militares é manipulação de gente que não merece nossa audiência.

E não estamos afirmando aqui que não teremos problemas em 2017, por que é real o risco da perda de benefícios, mas é com união que vamos enfrentar os desafios, como fizemos no enfrentamento inicial do PLP 257. É muito fácil criar boatos e criar uma atmosfera de enfrentamento para beneficiamento pessoal, mas é prejudicial aos militares, não nos interessa o enfrentamento gratuito, isso é perda de foco.

Sobre o Coronel Helbert Figueiró, sua caminhada como Comandante Geral nem iniciou ainda, merece no mínimo o benefício da dúvida, além de respeito. A ÁMEM saúda o novo Comandante e fica na torcida para que suas decisões sejam sempre em benefício da família militar.

Com um ano de funcionamento e de CNPJ ativo, a ÁMEM se pautará, no ano de 2017, sempre na vanguarda do interesse do associado, sempre prioridade acima de interesses pessoais, mas com responsabilidade e sempre tentando a solução administrativa dos problemas como forma de colaborar com um ambiente de paz para o policial e o bombeiro militar.

Fiquemos atentos ao sensacionalismo barato, ao jogo de palavras ásperas e ataques gratuitos que tentam manipular e atrair, mas só atraem os incautos e da mesma forma sem noção de leitura dos fatos.

ÁMEM – ASSESSORIA DE IMPRENSA


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon