.

.

Polícia Civil de Minas Gerais entrará em greve por tempo indeterminado

Acabou agora a pouco, na Praça da Assembleia Legislativa, a assembleia geral dos policiais civis de Minas Gerais, que decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir de 00h da próxima sexta-feira (17/06).

A "gota d'água" para a categoria se mobilizar e decidir pela greve foi a quebra da isonomia no tratamento entre os policiais militares e os policiais civis. No mês de maio o Governo anunciou o pagamento do abono fardamento para os policiais militares no 5º dia útil do mês de junho e o abono vestimenta (no mesmo valor do abono fardamento) para os policiais civis apenas no 5º dia útil do mês de julho.

A categoria decidiu entrar em greve até que as reivindicações sejam atendidas pelo Governo, entre elas:
1- equiparação do salário dos delegados com os salários dos promotores de justiça e defensores públicos;
2- equiparação dos salários de investigadores e escrivães com os salários dos peritos criminais;
3- convocação de todos os excedentes do concurso de investigador;
4- plano de carreira para os agentes administrativos;
5- melhoria nas estruturas físicas e logísticas das delegacias.

Confira o vídeo:

 


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon