Comando da Polícia Militar convida as entidades de classe para debater propostas de mudança na legislação

Após a veiculação de várias mensagens nas redes sociais, sobre possíveis alterações na legislação, com mudanças consideradas como retrocesso, o Comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Cel. Marco Antônio Badaró Bianchini, convidou as entidades de classe para debaterem as propostas de mudança. 

Segundo o Cel. Bianchini nenhuma mudança na legislação será proposta antes do debate com as entidades de classe e a tropa. Esclareceu, ainda, que não há no momento nenhuma proposta de alteração legislativa que tenha a finalidade de aumentar o tempo de permanência dos militares no serviço ativo.

Depois de elaborado o anti-projeto pela Comissão Especial que estuda as possíveis alterações, deverá ser encaminhado à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei que deverá ser votado pela Casa.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon