Policiais Civis fazem manifestação por equiparação salarial



Policiais Civis fizeram ontem (27/04), na Praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, manifestação pela equiparação de salários dos investigadores e escrivães com o salário dos peritos criminais.

Hoje o salário inicial do perito criminal da Polícia Civil é de mais de R$ 8.000, enquanto o salário dos investigadores e escrivães é de pouco mais de R$ 4.000.

O pedido de equiparação dos salários se fundamenta na alegação de que o ingresso, para ambas as carreiras, exige o nível superior de escolaridade, não sendo, portanto, justo um salário diferenciado. Além disso, o parágrafo 6º do artigo 81 da Lei Orgânica da Polícia Civil de Minas Gerais estabelece que não há subordinação hierárquica entre o escrivão, o investigador, o médico legista e o perito criminal.

Outro ponto tratado na manifestação é a mobilização contra a PLC 257/2016, que tramita no Congresso Nacional e tem como “pano de fundo” o plano de colaboração do Governo Federal aos Estados, porém com a previsão de restrição de vários direitos dos servidores públicos, inclusive a impossibilidade de reajuste salarial pelo período de dois anos.



Confira também mais informações sobre a manifestação em: http://www.sindpolmg.org.br/sindpolmg-realiza-assembleia-geral-extraordinaria-da-categoria/
 



O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon