Projeto de Lei que dispensa candidatos militares de novo exame psicológico tramita na Assembleia

Já se encontra tramitando na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) o Projeto de Lei de nº 3.336/2016 de autoria do Deputado Cabo Júlio, que estabelece critérios para exigência de avaliação psicológica na mudança de quadro na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

O projeto prevê que o candidato militares aos concursos internos e externos como o CHO e CFO, respectivamente, não terão que realizar novo exame psicológico.


O projeto irá por fim a uma "injustiça" que a muitos anos vem ocorrendo com os praças militares. É uma incoerência um policial militar que trabalha no serviço operacional, portando uma arma de fogo, resolvendo conflitos da sociedade, já tendo sido aprovado no exame psicológico quando no ingresso na corporação, ser reprovado em um novo teste psicológico em um concurso para oficiais. Há policiais que trabalham há muitos anos executando a função de oficial (inclusive recebendo a diferença de função) e mesmo assim são reprovados no exame psicológico, mesmo não tendo nenhuma contraindicação da própria instituição para exercer a função privativa de oficiais.

Você pode contribuir para a aprovação do projeto de lei 3.336/2016, votando no site da Assembleia. Basta clicar no link abaixo que você será redirecionado para o site da ALMG.



O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon