Assembleia debate atraso de publicações de aposentadorias na PMMG

Na manhã desta sexta-feira (04 de março) parlamentares, militares e representantes das Associações de Classe da PMMG debateram em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o atraso na publicação do ato de transferência do militar para a reserva remunerada (aposentadoria).
Representantes da Polícia Militar e do Governo não compareceram no debate para explicar a razão da demora.

O autor do requerimento da audiência pública, deputado Sargento Rodrigues, explicou que o atraso nas publicações tem ocasionado prejuízos financeiros aos policiais, pois ao serem transferidos para a reserva remunerada os militares fazem jus a alguns benefícios, como o pagamento de férias prêmio, ajudas de custos e, ainda, a diferença da promoção imediata.

O representante do Centro Social dos Cabos e Soldados, sargento José de Arimatéia Ferreira de Castro, ressaltou o desafio da profissão de policiais. Segundo ele, apenas este ano, 68 PMs já morreram em serviço no Brasil. “Chegar ao final da carreira vivo já é um prêmio” - disse.


Celebrando a parceria com a Citerol, sortearemos 1 conjunto do B1 entre nossos visitantes Policiais Militares. Para participar bastar preencher as informações abaixo!

* todos os campos são obrigatórios