Paciente da UPA de Contagem denuncia abuso sexual cometido por enfermeiro

O paciente, de 32 anos, afirmou à PM que estava sonolento, mas lembra perfeitamente que o enfermeiro, de 25 anos, fez prática de sexo oral nele.

Maíra Cabral - Estado de Minas

Um homem denunciou que foi abusado sexualmente por um enfermeiro durante sua internação na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Bairro Petrolândia, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A denúncia foi feita à Polícia Militar (PM) na manhã desta terça-feira e refere-se ao ato ocorrido na noite dessa segunda-feira, segundo a vítima. 

O paciente, de 32 anos, afirmou à PM que estava sonolento, mas lembra perfeitamente que o enfermeiro, de 25 anos, que teria feito sexo oral com ele. Após chegar ao local, militares apreenderam materiais que supostamente foram utilizados pelo acusado para limpar a vítima e que tinham sido jogados no lixo.

O suspeito foi detido e a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Contagem para investigação do caso.


4 COMENTE AQUI !

Depois de ter lidos diversos artigos deste caso tao grave, eu fiquei pensando...
É necessario uma boa investigaçao, trabalhar muito nos relatos da vítima, pois há uma incoerência muito grande em todo este contexto, pois sou a favor da justiça e é preciso que este técnico pague pelo o que fez.
Mas esta história é mal contada, pois se o paciente estava dopado, sem forças mentais e musculares como conseguiu fazer sexo oral no técnico? Era o momento da vítima o usar os tantos dentes no orgao genital do abusador.
Acredito que foi uma concordancia entre os 02, e a denuncia logo de manha foi uma maneira de requerer uma boa indenizaçao dos cofres públicos...

Balas

Concordo inteiramente com o comentario acima,que a justiça seja feita e que o paciente seja bem investigado.

Balas

acredito qui o paciente tem toda a culpa e esta atras e de dinheiro facil ci ele quiser vai trabalha filho da puta do caralho

Balas

Essa noticia é antiga, mas queria deixar meu comentario, tambem acredito que a historia é mutio mal contada, vi em outro site que a policia recolheu material com semem do paciente e do enfermeiro, se ele tava tão sedado assim, como conseguiu ejacular? E se ejaculou é porque gostou! e como é que ele não tinha forças nem pra se livrar de ter que praticar sexo oral no enfermeiro e teve forças pra ter ereção e ejacular? Acho que o que ele quer é indenização do estado. Pobre da esposa que apareceu em entrevista indignada, deve ta com uma pulga atras da orelha ate hoje da sexualidade do marido que teve orgasmo com o enfermeiro!

Balas

O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon