Homem é preso por estuprar filha e matar a esposa e outro filho no Sul de Minas

Adolescente de 13 anos denunciou o pai ao Conselho Tutelar. Os corpos das vítimas estavam enterrados no sítio onde a família vivia.

Cristiane Silva - Estado de Minas

Um homem de 37 anos foi preso suspeito de estuprar a própria filha, de 13 anos, e confessar um duplo homicídio na noite de segunda-feira em Albertina, no Sul de Minas. Ele foi detido no Centro da cidade após ser denunciado pela adolescente ao Conselho Tutelar. 

De acordo com o sargento Osvaldo Soares da Silva Filho, do Destacamento da Polícia Militar em Albertina, a menor, que morava sozinha com o pai, procurou uma conselheira e contou sobre o estupro. O pai dela também teria tentado abusar sexualmente de uma amiga dela, de 16 anos, que foi dormir na casa. O homem foi detido e levado para a Delegacia de Polícia de Jacutinga, um inquérito foi aberto e o suspeito liberado porque não houve ratificação do flagrante. 

A adolescente esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre para passar por exames, o que não ocorreu por falta de uma guia de encaminhamento que devia ter sido providenciada pela delegacia, conforme a PM. “Todos questionavam a respeito da mãe da menina, se ela seria conivente com o abuso. Ela acabou contando que o pai matou a mãe e o irmão dela, de 15 anos, e enterrou os corpos atrás da casa. A conselheira ligou para nós e prendemos o homem outra vez”, explica o militar. 

Os policiais foram até a antiga casa da família, que ficava em um sítio, e a adolescente mostrou o local. Diante da situação, o homem acabou confessando o crime e os corpos foram desenterrados. De acordo com o sargento Silva, o suspeito disse que a motivação dos assassinatos foi passional. “Ele contou que o crime ocorreu há cinco meses. Ele enforcou a mulher com um cadarço de uma bermuda. Segundo ele, a mulher tinha um caso e ele matou o filho porque presenciou o crime”, afirma.

Durante a madrugada desta terça-feira, um perito da Polícia Civil esteve no sítio para verificar o local. Médicos legistas vão fazer a retirada dos corpos nesta manhã. O homem e a filha adolescente foram levados para a Delegacia de Pouso Alegre, onde prestarão depoimento.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon