Mais uma categoria de servidores estaduais entra em greve

Depois da Greve dos Policiais Militares, dos Policiais Civis, dos Professores, ambos funcionários do quadro de servidores do Estado de Minas Gerais, agora é a vez dos servidores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais anunciarem GREVE por tempo indeterminado, a partir desta quarta-feira.

Com apoio do sindicato 50% dos servidores aderiram a greve por melhores salários e condições de trabalho.

De acordo com o diretor jurídico do Sinjus, Wagner Ferreira, a greve é "por respeito, por ética, por moralização da imagem do Tribunal". "Com exceção da reivindicação de política de reajuste nos moldes do TCE, todos os outros pontos da pauta dizem respeito a leis que já existem e são descumpridas. Isso acaba desacreditando nosso trabalho diante da população", afirma. A decisão de fazer greve foi deliberada na semana passada, em assembleia geral extraordinária, e conta com a adesão de 50% dos servidores, segundo o Sinjus. O expediente corre em escala mínima, para garantir atendimento à população de Belo Horizonte, por exemplo, em relação a pedidos de liminar, habeas corpus e a expedição de mandado de segurança.  (Trecho extraído do Jornal Estado de Minas)

Ao que se percebe, o Governo de Anastasia não está conseguindo agradar os servidores estaduais. Os professores não aceitaram a nova proposta feita pelo Governo, os Policiais Civis já retornaram a greve por tempo indeterminado e agora é a vez dos servidores do Tribunal de Justiça. Os demais servidores já estão "a ponto de estourarem" se o PROMETIDO Premio Por Produtividade não for pago ainda este ano. 

Abra o olho Sr. Governador, os Servidores do Estado representam uma boa parcela de seus votos, além de serem grandes formadores de opinião- ESTAMOS DE OLHO EM VOCÊ, NÃO VÁ QUEIMAR AINDA MAIS O SEU FILME COM O FUNCIONALISMO: Pague o Produtividade o quanto antes!


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon