Denúncia de pai leva polícia à prisão de suspeitos de roubo de carro no Barreiro

Policial reformado desconfiou do comportamento do filho e procurou delegacia

Estado de Minas
A Polícia Civil (PC) prendeu dois jovens de 19 e 21 anos suspeitos de envolvimento em roubos de veículos na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Durante a apresentação dos rapazes, na manhã desta terça-feira, a polícia informou que um deles foi denunciado pelo pai, um policial civil reformado. Ele teria estranhado o comportamento do filho, de 19 anos, que trabalha como auxiliar de montagem em uma marcenaria, e procurou uma delegacia. 

As investigações levaram a um caso de roubo ocorrido em 9 de setembro. O rapaz e um colega seriam os principais suspeitos. Segundo a polícia, um homem estava deixando a namorada na porta de casa quando foram abordados pela dupla, que anunciou o assalto. Os suspeitos usavam uma réplica de pistola. O casal foi retirado do carro e os suspeitos, que estavam acompanhados de três adolescentes, fugiram. O Palio foi encontrado no dia seguinte. Conforme a PC, os menores já foram identificados.

Na semana passada, foram expedidos quatro mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos no início desta manhã. Na casa do rapaz de 19 anos foi encontrado um maçarico, e na do suspeito mais velho, a polícia apreendeu uma porção de maconha. A polícia também foi até a casa de um terceiro envolvido, suspeito de entregar a réplica de pistola aos rapazes. Além da arma falsa, foram apreendidas uma balança de precisão, porções de maconha, peças de uma moto que pode ter sido desmontada, plástico para embalar drogas e. Também foi encontrada uma lata com pequenas cápsulas que, de acordo com a polícia, poderiam ser usadas para colocar cocaína. Cada cápsula da droga valeria R$ 50. O homem não foi localizado.

A PC ainda vai investigar se a dupla tem envolvimento com outros roubos e tráfico de drogas. Os jovens assumiram ser usuários de drogas, mas negam envolvimento no assalto do casal. Eles serão levados para o Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) São Cristóvão. 


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon