Denúncia anônima leva à prisão sexto criminoso mais procurado de Minas

Roni França de Jesus, de 23 anos, foi preso em uma casa na Vila Pinho, na Região do Barreiro. Ao ser detido, o acusado ainda tentou subornar os policiais

João Henrique do Vale - Estado de Minas

Roni teve sua foto estampada na primeira fase da campanha "Procura-se", lançada pela Secretaria de Estado de Defesa Social
O sexto integrante da lista dos mais procurados pela polícia mineira foi recapturado na tarde desta terça-feira, na Vila Pinho, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Roni França de Jesus, de 23 anos, que é acusado de homicídio, porte ilegal de arma e comércio ilegal de arma, foi detido após uma denúncia anônima. 

De acordo com a Polícia Militar, Roni estava em uma casa no Conjunto Rubi. Os policiais foram até o endereço e encontraram o bandido na porta da residência. “Quando ele nos viu, entrou correndo e tentou fugir pelos fundos. Nós cercamos o local, pulamos o muro e conseguimos pegá-lo”, afirma o tenente Abílio. Ao ser preso, Roni ainda quis subornar os militares. “Ele nos ofereceu dinheiro e armas para liberá-lo”, conta. 

O acusado foi encaminhado para a 12ª Delegacia do Barreiro. O acusado será apresentado na manhã desta quarta-feira.

Outras prisões

Em menos de um mês de divulgação, essa foi a sexta prisão entre os bandidos mais procurados de Minas, segundo lista divulgada pela Secretaria de Defesa Social (Seds). A primeira, e mais importante delas, foi a de Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, de 29 anos, conhecido como Pezão. Bruno Rodrigues de Souza, o Quén-Quén, também foi detido. A dupla é suspeita de integrar o Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de São Paulo.

Também foram presos Carlos Henrique Evandro Beirão Aragão, de 24, o Caique e Mauro Pereira da Silva, de 32. Caique, acusado de homicídio e tráfico de drogas, foi entregue ao Departamento de Investigações e levado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) São Cristóvão. Já Mauro, acusado de tráfico de drogas, foi preso na casa onde morava, em Esmeraldas, na Grande BH. 

Além deles, a única mulher que integra a lista, também foi detida. Apontada como uma das líderes do tráfico de drogas no Bairro Paulo VI, Região Nordeste de Belo Horizonte, Edna dos Santos Rodrigues, de 39 anos, foi presa em um barracão no Bairro Castanheira, em Sabará, na Grande Belo Horizonte, após uma denúncia anônima.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon