População não quer saída de PM que mora em escola.

Militar foi notificado, mas moradores e funcionários temem pela segurança do local!

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) notificou um policial militar que vive em uma casa no terreno da escola estadual no Bairro Amazonas, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.
A acessoria de comunicação da SEE esclareceu que é proibido morar em terreno do estado.Mas há um impasse:o terreno onde fica a Escola Estadual Confrade Antônio Pedro de Castro é da Prefeitura de Contagem.Então para o militar deixar o local, a administração municipal precisa exigir a desocupação.
Moradores do bairro e professores não querem a saída do militar temendo pela segurança, pois quando o militar saiu de férias por 15 dias, vândalos quebraram uma câmera de segurança e arrombaram a porta da cantina."Vai ser um grande prejuizo se ele tiver que sair daqui."
O militar que é cabo preferiu não comentar.