Pelo menos quatro mortes marcam madrugada violenta na Grande BH

Estado de Minas


Pelo menos quatro homicídios marcaram a madrugada violenta desta quarta-feira, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. No Bairro Santa Branca, na Região da Pampulha, um travesti foi assassinado a facadas dentro de um motel.

De acordo com a Polícia Militar, o travesti, ainda não identificado, chegou no local por volta das 2h da madrugada acompanhado de um homem. Dez minutos após dar entrada em um dos quartos, ele apareceu na recepção com ferimentos no pescoço e nas costas. Os bombeiros chegaram a ser acionados, mas a vítima morreu antes de receber atendimento. O suspeito fugiu. O corpo do travesti foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte.

Em Betim, na Grande BH, dois crimes chocaram moradores da região. Na Avenida Bandeirantes, no Bairro Vila Recreio, um homem, de aproximadamente 25 anos, foi morto com cinco tiros. O corpo foi encontrado por populares que acionaram a PM. A autoria e a motivação do crime são desconhecidas.

Já no Bairro Vila Sol Nascente, um homem foi encontrado morto, amordaçado e amarrado em uma árvore, na Rua Doutor José Mariano. Segundo a PM, o corpo apresentava sinais de violência e uma perfuração na cabeça possivelmente causado por uma arma de fogo. Testemunhas informaram que ouviram barulhos de tiros na madrugada, mas nenhum suspeito foi identificado.

Também na Grande BH, um homem de 25 anos foi morto com seis tiros em uma avenida de Santa Luzia. Os disparos acertaram a nuca, costas e abdômens da vítima. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Risoleta Neves, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.


Parceria Citerol X Blog Polícia PELA ORDEM