Noiva rouba empresa onde trabalha para bancar casamento luxuoso, mas é descoberta ao convidar o chefe


Extra Online
Tamanho do textoA A A
O casamento de Kirsty Lane incluiu tudo o que uma noiva sonha e um pouco mais: duas bandas, open bar, fogos de artifício, mágicos, pintura de rosto e máscaras de pluma para todos os convidados. Mas para pagar as despesas da festa, a inglesa de 29 anos precisou recorrer a Peter Sutton, o chefe - mas sem que ele soubesse. Ela roubou 168 mil libras, o que equivale a um pouco mais de 435 mil reais, da empresa onde trabalhava. E só foi descoberta porque resolveu convidar Sutton para a suntuosa cerimônia.

Lane trabalhava na contabilidade de uma empresa em Lancashire, na Inglaterra, há quatro anos. Ela conseguiu desviar o valor falsificando as notas fiscais da companhia. Segundo reportagem do jornal “Daily Mail”, Sutton disse que o roubo da noiva resultou na demissão de duas pessoas e quase arruinou a companhia. Ele disse que só começou a desconfiar das más intenções da mulher depois da festa. “O casamento foi o mais luxuoso que eu já vi. Eu confiava nela e, implicitamente, foi assim que ela nos retribuiu”, contou ele.
A mulher bancou todo o casamento Foto: Reprodução
Dias depois do casamento, enquando Kirsty estava curtindo alguns dias de folga, houve um problema de rotina com as contas da empresa. Foi aí que o chefe resolveu analisar melhor as contas e juntou as peças. A noiva estava fazendo a poupança para o mega casamento, às custas da empresa, há dois anos. E Sutton precisou de dois meses para avaliar a verdadeira extensão do roubo. A mulher foi presa em casa, enquanto se preparava para a esperada lua de mel no México.
Além dos gastos com o casamento, a noiva adquiriu uma luxuosa capa para o Ipad, repleta de pedras preciosas. Na Corte dos Magistrados de Leyland, Kirsty admitiu a culpa em 10 acusações de fraude, em um total de 122.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon