Estudo da eficácia de radares aponta queda do número de acidentes


Agência Minas
Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) realizou estudo que comprova a eficácia de 95 radares instalados nas rodovias estaduais mineiras, apontando a queda de 35,08% nas ocorrências de acidentes e redução de 32,11% no número de pessoas envolvidas. Os dados foram mensurados desde a implantação dos equipamentos, em dezembro de 2009.
quadro

O estudo cumpre o que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro e as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), colocado em prática pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), por meio do Programa de Aumento da Capacidade de Segurança dos Corredores de Transporte (Proseg). Para a realização do controle técnico foram levados em conta a variação do número de veículos circulantes, o índice de acidentes e atropelamentos, antes e depois da instalação dos equipamentos, a compatibilidade dos limites de velocidade com as condições das vias, a correta indicação dos pontos de instalação, as condições de visibilidade e das sinalizações implantadas.
O controle dos equipamentos é realizado no prazo de um ano após a instalação e tem por finalidade aferir o acerto dos estudos preliminares que indicaram, em cada um desses locais, a necessidade dos equipamentos, além de verificar a relação existente entre os índices de acidentes, antes e depois do funcionamento dos radares. O controle indica, também, a eventual necessidade de ajustes, seja na localização, seja nos limites de velocidade impostos, ou na adequação do tipo de equipamento instalado.
Os radares que constam no estudo foram instalados a partir do final de 2009 e foram avaliados no período compreendido entre dezembro de 2010 e maio deste ano, com vistas a proporcionar o máximo de segurança aos pedestres e aos motoristas, o que, segundo o diretor geral do DER/MG, José Elcio Santos Monteze, “é uma constante preocupação do DER, em todas as vias estaduais sob a sua circunscrição”.
Ainda, segundo o diretor geral, o controle da eficácia dos equipamentos proporciona uma visão realista do tráfego, porque não se limita apenas aos equipamentos, mas abrange todas as circunstâncias ocorrentes em cada um desses locais, até mesmo no que diz respeito à educação de pedestres e motoristas. “Os índices demonstram claramente a eficácia da operação destes equipamentos no controle da velocidade com o declínio, ao longo do tempo, na aplicação de multas e do número de acidentes e atropelamentos”, relata.
Aferição
Todos os radares são instalados pelo DER/MG após elaboração de estudo técnico e implantação de projeto específico de sinalização. Os equipamentos só entram em operação depois de aferidos pelo Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG), órgão credenciado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial (Inmetro), e em conformidade com as determinações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
Mesmo o estudo tendo demonstrado a eficácia dos equipamentos na redução dos acidentes, como também um baixo índice de autuação de veículos infratores, o DER/MG optou pela troca de equipamentos em 15 locais, trechos urbanos com riscos de atropelamento de pedestres. Por isso serão substituídos os equipamentos fixos tipo simples por equipamentos fixos tipo barreiras eletrônicas para garantir ainda mais segurança nos locais. O equipamento tipo barreira eletrônica possui um display luminoso e indica em tempo real a velocidade com que o veículo passa pelo equipamento e, por isso, possui maior eficiência em locais em que há a presença de pedestres.
No período de operação dos radares foram fiscalizados um total de 292.564.419 veículos, dos quais, 900.243 foram autuados, o que equivale a apenas 0,31% da quantidade  de veículos que passaram pelos locais.
Novos radares
Ainda, segundo José Elcio Santos Monteze, até o final de 2011, serão instalados outros 101 radares em pontos diversos das nossas rodovias, sempre buscando a melhoria das condições de segurança dos que trafegam e circulam por essas vias, sejam pedestres ou motoristas. A instalação dos novos equipamentos é uma das ações previstas no Proseg, que foi criado com o objetivo de melhorar as condições de circulação de pessoas e veículos nas rodovias estaduais mineiras.




O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon