Polícia Militar apreende aves silvestres em sítio de Brumadinho


Um dos pássaros está ameaçado de extinção e será encaminhado ao Ibama junto com as outras aves

Uma das quatro aves silvestres localizadas é um mutum, espécie com risco de extinção (Polícia Militar/Divulgação)
Uma das quatro aves silvestres localizadas é um mutum, espécie com risco de extinção


Quatro aves silvestres foram apreendidas no final da manhã desta quarta-feira, no Sítio Olhos D'água em Brumadinho, Região   Metropolitana de Belo Horizonte. Ao todo, foram localizados dois papagaios, uma arara canindé e um mutum, ave ameaçada de extinção. Os pássaros foram encontrados pela Polícia Militar de Meio Ambiente na última sexta-feira, 13 de agosto. A polícia descobriu o local quando investigava uma denúncia de que o proprietário do sítio operava ilegalmente tratores para recuperar uma trilha em área de preservação permanente.

Na apreensão de hoje, o dono dos animais não foi encontrado no local e os militares foram recebidos pelo caseiro. As aves serão encaminhadas ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) até o final da tarde. O dono do sítio foi multado pelo uso dos tratores e será intimado a comparecer ao Ibama para prestar esclarecimentos. Não havia indícios de maus tratos e nem suspeita de participação no tráfico ilegal de aves.