Orgias aconteciam há pelo menos 5 meses, diz jovem à polícia em MS


Em depoimento, ela revelou que jovens de 11 a 16 participavam.
Polícia investiga se adultos participariam dos encontros sexuais.


Do G1

Os encontros de jovens que deixavam de ir a escola para consumir drogas e fazer sexo em uma casa no bairro Iraci Coelho, em Campo Grande, estariam acontecendo há pelo menos cinco meses. Essa foi uma das revelações do depoimento prestado à Polícia Civil por uma adolescente de 12 anos que disse que participava dos encontros.



Segundo a Polícia Civil divulgou em nota, na tarde desta quarta-feira (24), o caso foi descoberto depois que a mãe da jovem procurou a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), no dia 18 de agosto, para registrar o abandono familiar da garota, que saiu de casa para ir a escola, mas não chegou ao colégio.
Ela foi encontrada, conforme a polícia, próximo ao Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, junto com outros dois jovens, estudantes da mesma escola, e que também haviam faltado a aula.
Em depoimento, ela confirmou que havia 'matado aula' junto com amigos naquele dia e que isso acontecia constantemente. Revelou ainda à polícia, que o grupo seguia para a casa do líder de uma gangue, que aliciava adolescentes com idades entre 11 e 16 anos.
A jovem disse à polícia que já manteve relações sexuais com esse líder de gangue há aproximadamente cinco meses e que sabia que adultos, donos da casa, onde os encontros aconteciam sabiam que os adolescentes se reuniam no local para consumir bebida alcoólica e praticar sexo.
A garota, conforme a polícia, relatou também que aos encontros foi dado o nome de 'Congresso do Bulimento', e que a gang do adolescente era chamada de 'of the sexy'. A evasão escolar para os encontros foi batizada, de 'matança ou matamento'.
Conforme a polícia, a Depca está investigando o caso, especialmente, no que se refere a denúncia da participação de adultos nos encontros.


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon