Morre vítima atropelada pelo ex-coordenador da Lei Seca


Hermínio Cosme Pereira teve morte cerebral. Autor do acidente, Alexandre Felipe Mendes, disse ter bebido meia taça de vinho

Alexandre Felipe Mendes, que coordenou a Lei Seca, admitiu ter bebido uma taça de vinho na noite em que atropelou e matou um ciclista
Alexandre Felipe Mendes, que coordenou a Lei Seca, admitiu ter bebido uma taça de vinho na noite em que atropelou e matou um ciclista (Severino Silva/Ag.O Dia)
Hermínio Cosme Pereira, atropelado na madrugada de quinta-feira pelo coordenador da Lei Seca, teve morte cerebral. Alexandre Felipe Mendes, que atuou na ação de combate aos motoristas embriagados até fevereiro deste ano e é atualmente subsecretário de Estado da Região Metropolitana, dirigia um Mistubishi Pajero preto quando, segundo ele, bateu em um poste após se desequilibrar com a passagem de uma bicicleta (conduzida por Hermínio). Segundo a Polícia Civil, quatro pessoas ficaram feridas no acidente, ocorrido na noite de quinta-feira, na região oceânica de Niterói.


Na sexta-feira à tarde, o subsecretário se apresentou espontaneamente na 81ª DP (Itaipu) para esclarecer detalhes do atropelamento dos pedestres. Na ocasião, o seu advogado, José Maurício Ignácio, afirmou que Mendes havia tomado uma taça de vinho antes do acidente. “Ele perdeu o pai há uma semana. Esse acidente foi uma fatalidade. Pelo o que eu vi, ele bebeu uma taça de vinho”, disse o advogado. Ignácio também pôs culpa na localidade onde ocorreu o acidente: “O local do acidente é cheio de buraco e escuro. Uma bicicleta apareceu do nada e bateu no carro”.

Depois de cerca de 15h do atropelamento, Mendes fez exame no Posto Regional de Polícia Técnico-científica de São Gonçalo. O resultado do laudo prévio deu negativo para a presença de álcool no sangue. No retorno do exame, Mendes disse, na delegacia, ter bebido meia taça de vinho. Para ele, o acidente foi uma fatalidade. 

Após o atropelamento, ele não prestou socorro às vítimas. Segundo o registro de ocorrência, o subsecretário foi resgatado aproximadamente dez minutos após o acidente por um Honda Civic prata. Mendes poderá responder por lesão corporal culposa, sem intenção de matar.
Fonte: Revista Veja


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon