Incêndios em áreas de mata mobilizam bombeiros na Grande BH

Baixa umidade relativa do ar, que deixa o clima seco, favore a ocorrência de queimadas nesta época do ano




 (Leandro Duarte/ArcevoPessoal)
O clima seco e quente pode ter sido a principal causa de pelo menos três incêndios de grande proporção em vegetação na Grande Belo Horizonte. Um deles começou no fim da tarde e à noite ameaçava casas no Belvedere, Região Centro-Sul da capital.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo no Belvedere atingiu a Serra do Curral. À noite era possível ver duas fileiras de chamadas, uma acima da outra na serra. O risco de as chamas atingirem as construções foi sanado pelos bombeiros, mas até as 20h40 o fogo ainda não havia sido controlado.

Também neste domingo os militares foram chamados para combater um incêndio em uma mata localizada no Bairro Quintas da Jangada, em Sarzedo. Lá também houve risco de atingir casas. Apenas uma equipe da corporação trabalhou no local, pois vários outros chamados de incêndio foram registrado mobilizaram outras equipes.

Segundo os Bombeiros, ao longo de todo o dia pequenos focos de incêndio foram notificados. A maioria não provocou muito rastro de destruição. Um dos maiores ocorreu na Serra do Rola Moça, em Nova Lima, e só foi controlado no fim da tarde. As chamas quase atingiram a área do Condomínio Passárgada. Cerca de 60 homens trabalharam para controlar o fogo.

Fonte: Site do Jornal Estado de Minas


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon