Dilma diz que fará de tudo para evitar excessos e abusos em investigações


Presidente defende fim da impunidade, mas respeito 'à dignidade humana'. Dilma participou da posse do procurador-geral da República, em Brasília.
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (15) durante cerimônia de posse do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que fará tudo que estiver ao seu alcance para evitar excessos e abusos em investigações.

"Gurgel estará por mais um período exercendo um importante papel nessa luta em prol dos direitos constitucionais dos cidadãos. O Brasil é um país de pessoas de bem, honestas, que vivem do esforço de seu trabalho, abominam a ilegalidade [..]Tenho o dever de afirmar que farei tudo o que tiver ao meu alcance para coibir abusos, excessos e afrontas à dignidade de qualquer cidadão que venha a ser investigado", disse a presidente.

A presidente afirmou que é preciso garantir o fim da impunidade mas respeitando "a dignididade da pessoa humana".

Dilma elogiou, no discurso, a atuação do Ministério Público, a Polícia Federal "bem equipada" e um Judiciário "eficiente e preocupado com a celeridade de suas decisões".

Na semana passada, a presidente considerou "inaceitável" o vazamento de uma foto de seis presos na Operação Voucher, que investiga um esquema de desvio de verbas no Ministério do Turismo. As informações foram passadas pelo porta-voz da Presidência, Rodrigo Baena.

Nesta sexta, foi divulgada pelo jornal "aGazeta", de Macapá, foto em que seis suspeitos de corrupção aparecem sem camisa e segurando um papel com a própria identificação.

A Polícia Federal afirmou que não tem responsabilidade pelo o vazamento porque as fotos foram feitas após a prisão dos suspeitos, que ficaram sob custódia no Instituto de Administração Penitenciária (Iapen).
Fonte: Jusbrasil


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon