Blitz pela paz - Instituições de segurança pública, igrejas evangélicas e sociedade organizada se unem para promover a paz no bairro Morrinhos


Na manhã do último domingo, 21, uma mobilização pela paz foi realizada na rua Melo Viana, no bairro Morrinhos, no centro de Montes Claros, como objetivo de promover a integração da comunidade do Morrinhos e bairros adjacentes. A ação foi realizada pela Polícia Militar em parceria com o Samu, Corpo de Bombeiros, Defesa Social, Sest/Senat, Sesi, Fiemg, Funorte, Unimontes, Igrejas Batista e Assembleia de Deus de Montes Claros, com participação da comunidade do bairro Morrinhos e adjacências.
Jerúsia Arruda

A comunidade do Morrinhos realizou uma roda de capoeira coordenada pelo Mestre Zé Maria

Na abertura da ação, o comandante do 2º Pelotão da 145ª Companhia da Polícia Militar e coordenador do evento, 1º Tenente PM Luis Henrique Silva Rosário, disse que a proposta da Blitz da Paz é promover a tranquilidade e o bem estar da população através do trabalho solidário.
- Nasci neste bairro, cresci andando nessas ruas e sei o quanto essa comunidade tem sofrido com a violência e vulnerabilidade social. Nossa proposta é trazer uma palavra de paz, de nos unirmos para promover a tranquilidade e a segurança através da integração, da solidariedade e do amor ao próximo – disse o comandante após ler uma passagem da Bíblia.
Sob olhares atentos e curiosos, especialmente das crianças, estandes foram montados ao longo da rua Melo Viana com muitas informações. No estande da Unimontes, acadêmicos do curso de Direito ofereciam assessoria jurídica; acadêmicos dos cursos de saúde da Funorte aferiam pressão e davam dicas de saúde; e técnicos do Samu orientavam especialmente quanto à adoção de comportamento seguro para evitar acidente.
- Aproveitamos para orientar as pessoas em que situações acionar o Samu através do 192.  Nossa central de regulação recebe muitas chamadas de brincadeira, os conhecidos trotes, e precisamos esclarecer a população sobre os prejuízos que a prática causa. Como muitas crianças visitam o estande atraídas pelos equipamentos expostos, aproveitamos para orientá-las e pedimos para que falem com seus colegas de escola para evitar o trote – explica a enfermeira Wilhma Castro, coordenadora do Núcleo de educação Permanente do Samu.
No estande da Polícia de Meio Ambiente, os animais empalhados chamaram a atenção dos transeuntes.
- Nunca tinha visto uma onça, um tamanduá ou um tatu de perto. É incrível – observa Ingrid, de 12 anos, entusiasmada. A PM aproveitou para orientar sobre a importância da preservação do meio ambiente, destacando os perigos de extinção de alguns animais por causa da caça predatória.
Além das orientações para a segurança pessoal e ações educativas em todos os estandes, a comunidade do bairro também recebeu livros, cestas básicas e agasalhos. Para as crianças, muitas atividades e recreação na cama elástica, quadra de vôlei improvisada e jogo de dama orientado.
Berço da Capoeira, a comunidade do Morrinhos realizou uma roda de capoeira coordenada pelo Mestre Zé Maria.
- Além da arte, esporte e defesa pessoal, a Capoeira também tem a responsabilidade de promover a paz entre a comunidade, por isso fizemos questão de participar desta ação, de dar nossa contribuição na busca pela tranquilidade de nosso bairro – ressalta o Mestre Zé Maria.
Durante toda a ação, evangelistas da igreja Assembleia de Deus e da igreja Batista cantaram e ministraram a palavra de Deus.

Fonte: O Norte



O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon