Prefeito diz que não será aplicada multa por avanço de sinal durante a madrugada

Motoristas flagrados avançando o sinal vermelho de madrugada em Belo Horizonte, diante de ameaças de assalto, podem ficar livres das multas de R$ 191,54 (por infração gravíssima) e de perder sete pontos na carteira. O prefeito Marcio Lacerda disse nessa quinta-feira que duas alternativas estão sendo estudadas: manter os sinais piscando entre as horas definidas ou deixar de cobrar multas pelos avanços de sinal a partir de determinados horários. O prefeito afirmou ainda que outras medidas para que os condutores não sejam prejudicados devem ser apresentadas até quarta-feira pela BHTrans, a quem encomendou um estudo.

A BHTrans não quis se manifestar sobre o assunto. No último dia 27, a empresa de trânsito pôs em funcionamento 23 detectores de avanço de sinal, nos principais corredores de trânsito da capital. Na ocasião, o diretor de ação regional e operação da BHTrans, Edson Amorim, anunciou que o motorista fotografado avançando o sinal vermelho seria obrigado a registrar boletim de ocorrência na Polícia Militar. Teria, ainda, de recorrer à Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari) para não ser penalizado. No primeiro dia de funcionamento, os equipamentos registraram em média de 63 infrações por hora.

Fonte: www.em.com.br


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon