Guardas Municipais de Belo Horizonte começam a usar arma elétrica


Publicação: 12/07/2011 16:47 Atualização: 12/07/2011 17:02
Equipamento tem carga para 100 dardos em alvos a até 10 metros de distância, emitindo ondas eletromagnéticas (Marcos Michelin/EM/D.A Press)
Equipamento tem carga para 100 dardos em alvos a até 10 metros de distância, emitindo ondas eletromagnéticas





















A Guarda Municipal de Belo Horizonte começou a utilizar pistolas de eletrochoque nesta terça-feira. O equipamento é capaz de paralisar criminosos sem feri-los ou matá-los. Em Minas, os tasers foram repassados pelo Ministério da Justiça. São 545 pistolas, 315 das quais serão entregues à Polícia Militar, 200 para a Guarda Municipal de Belo Horizonte e 30 para a Guarda Municipal de Varginha. 

A arma não-letal dispara dardos com alcance de até 10,6 metros que emitem ondas eletromagnéticas capazes de interromper a comunicação do cérebro com o resto do corpo, paralisando o oponente durante tempo suficiente para que ele seja mobilizado. Segundo a assessoria de imprensa da Guarda Municipal de BH, o efetivo foi dividido em grupos que só recebem os tasers depois de passarem por treinamento. 

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana está analisando estatísticas para definir os locais onde o uso dos equipamentos será necessário. Conforme a Guarda, os responsáveis pela segurança do Parque Municipal e da Rodoviária de BH já usam o taser.

Fonte: www.em.com.br


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon