Blitzes da Lei Seca multam quase 100 motoristas em 13 dias

Em menos 15 dias, 98 motoristas foram autuados nas ruas de Belo Horizonte e da região metropolitana por suspeita de embriaguez ao volante. Eles receberam multa de R$ 957,70 e tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida durante as blitzes da campanha “Sou pela vida, dirijo sem bebida”. A ação foi lançada em 14 de julho e tem como prioridade as regiões da cidade que concentram o maior número de bares e boates.

Números da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), órgão que coordena a ação, indicam que 650 testes de etilômetro (bafômetro) foram realizados. Os exames flagraram 36 condutores que apresentaram com teor etílico acima de 0,34mg/l. Nesses casos, como prevê a legislação, eles podem responder criminalmente por embriaguez, direção perigosa ou homicídio culposo, dependendo da situação.

Segundo a Seds, as penalidades envolvem também aqueles que se recusaram a soprar o bafômetro, mas que apresentaram sinais de embriaguez, como fala desconexa e desequilíbrio. Esses infratores responderão a processo administrativo no Departamento de Trânsito (Detran) e correm o risco de perder o direito de dirigir por um ano.

Rigor

Ao se submeter ao teste do bafômetro, o condutor é liberado se o resultado for até 0,11 mg/l. De 0,12 mg/l até 0,29 mg/l, ele recebe a multa e tem sua carteira apreendida.

Os agentes da campanha, que envolve ainda as polícias Civil e Militar e o Corpo Bombeiros, já fiscalizaram 1.302 veículos desde o início da ação.

Com informações da Agência Minas

Fonte: site do Jornal Estado de Minas


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon