PF faz maior apreensão de notas falsas do ano em Minas

Thobias Almeida
Publicação: 20/06/2011 19:42 Atualização:
Notas falsificadas apreendidas na Grande BH (Jackson Romanelli/EM/D.A Press)
Notas falsificadas apreendidas na Grande BH
A maior apreensão de notas falsas do ano em Minas Gerais, e uma das maiores da história do estado, revela que os esforços do governo federal para proteger a moeda dos estelionatários é insuficiente. Na tarde desta segunda-feira, a Policia Federal (PF) prendeu um homem na BR-381, em Betim, na região metropolitana, que transportava em uma mala R$ 50 mil em cédulas falsas de R$ 50, parte delas do novo modelo.

À época do lançamento, o Ministério da Fazenda sustentava que a produção das novas cédulas seria mais custosa justamente para dificultar a falsificação. Segundo a PF, o dinheiro falsificado tem procedência paraguaia.

As investigações duraram cerca de três meses e levaram à prisão do técnico eletrônico W.A.D.M., de 30 anos, que reside na Região Leste da capital e confessou o crime. Conforme o delegado Marinho Silva Rezende, pelo volume apreendido, o preso integra uma quadrilha de grande porte que distribuía dinheiro falso em toda a Grande BH.

O rastreamento foi possível graças a um banco de dados mantido da PF, que recebe diariamente cerca de 15 notas falsas. Geralmente, os criminosos usam grupos de números de série repetidos, o que, em muitos casos, ajuda os agentes a identificar a procedência do material. Outro ponto da investigação é o mapeamento do local onde a cédula foi repassada.

A PF descobriu que W.A.D.M. já tinha visitado o Paraguai em outras oportunidades, a última há três meses, para buscar cargas de notas falsas. A investigação mira outros envolvidos, mas a polícia não comenta o andamento do trabalho.

O delegado Rezende afirma que os bandidos usam basicamente dois métodos para desovar as cédulas no mercado: a aquisição de bens e a troca por notas verdadeiras. A depender da qualidade da falsificação, três notas falsas valem uma legítima.

Fonte:www.em.com.br


O formulário para comentários é publico, portanto seu conteúdo é de responsabilidade daqueles que postam. Os comentários aqui postados serão, assim que publicados, avaliados pelo administrador e se constatado de conteúdo impróprio ou que ofenda a moralidade ou os bons costumes será excluído.
Att,
Polícia PELA ORDEM

Emoticon